O Zugunruhe é um chamamento para a mudança. Uma inquietação que nos prepara para uma viagem entre sítios. E o espaço entre as coisas interessa-me porque lá existe a verdadeira viagem, o tudo que pode acontecer e a consciência de que, se não arriscarmos no salto, muito pode ficar por viver. E é neste sítio que hoje queremos ser livres, para nos empolgarmos com o partir mas também para valorizar mais o chegar.
Este ano foi um ano de mudanças com a integração de tantas novas aves no bando e outras que voaram para outras partes do planeta. A todos nós, a todos vocês, um maravilhoso voo.
Uma criação de Alexandre Oliveira