Como começa uma história de amor? Como se desenvolve? E como acaba?
E se for a mais bela história de amor? Como se pode apresentar?
Bem… a melhor forma talvez seja mesmo em três partes. Porquê três partes? Porque se diz que tudo tem um princípio, um meio e um fim. E dessa forma acompanhamos a história e as personagens em três fases marcantes da sua jornada. Mas se querem saber a verdade… o autor lembrou-se desta bela desculpa para só ter que ter uma ideia em vez de ter três ideias distintas.
Aqui fica a 1ª parte da mais bela história de amor que jamais vão ver… hoje.
——————-
Autoria – Jorge Geraldo
Encenação – Alexandre Oliveira
Imagem – Tiago Cerveira
Produção Loucomotiva – 2022